Você sabe o que são os wearables?  Eles são as tecnologias de vestir, como os relógios e pulseiras inteligentes ou até mesmo o Google Glass, óculos inteligente onde você pode acessar informações diretamente no seu campo de visão.
A tecnologia está em constante mudança, sempre aparece algum gadget novo para adicionarmos a nossa vida cotidiana, e aceitamos isso com a maior naturalidade. Com os wearables não pode ser diferente, sonhamos com esses dispositivos há muito tempo em filmes de ficção, mas aos poucos isso vem se tornando realidade. Estamos em um processo de transição, em pouco tempo será normal ver pessoas nas ruas vestindo seus dispositivos inteligentes, cada vez mais essenciais. 
3-jvc-personal-video-glasses-1407487608-Pm6S-column-width-inline.jpg
Óculos de video em De Volta para o Futuro II

Por enquanto a tecnologia é limitada, mas há muito mais por vir. Esse mercado pode se expandir para segmentos de informação, entretenimento, estilo de vida, medicina e bem estar.

 

 

 

Mas com tudo isso, o que podemos esperar das oportunidade para os wearables?
Ainda esperamos o grande “boom” da tecnologia, nenhum wearable conseguiu até agora se tornar realmente popular, a adesão para esses produtos continua baixa, uma pequena parcela da população realmente os usa. Mas com grandes empresas disputando por essa grande inovação, como Google, Samsung, Apple e Facebook não devemos esperar por muito tempo. A empresa de Business Inteligence Berg Insight prevê vendas globais de 64 milhões de dispositivos wearable em 2017. Não há informações exatas quanto ao índice de crescimento do mercado, entretanto temos a certeza que as oportunidades são enormes e o crescimento dessa demanda virá de uma audiência variada, com três principais públicos: consumidores, empresas e o setor de saúde.

Os wearables representam uma nova fase na revolução mobile e serão ferramentas cruciais para as empresas. Na  ‘Consumer Electronics Show 2014’,  os wearables voltados para negócios foram apresentados como ferramentas ideais para setores como saúde, segurança do trabalho e varejo. Essas soluções incluem aparelhos para controle dos níveis de atividades de colaboradores visando reduzir taxas de seguros, sensores químicos para ajudar em primeiros socorros e sensores de identificação de mudanças climáticas para usos militares, além de dispositivos de comunicação que podem ser acionados sem o uso das mãos.

google-glass-enterprise-edition.png
Google Glass Enterprise

Já podemos ver isso com o relançamento do Google Glass para empresas, após a primeira versão do óculos inteligente não ter feito tanto sucesso, o novo modelo “Google Glass Enterprise” vem para  oferecer mais agilidade a executivos, médicos, coordenadores e demais agentes do mundo corporativo. Segundo relatos de companhias parceiras do projeto, itens como tempo de produção, eficiência de distribuição e atendimento de pacientes melhoraram consideravelmente com o uso do Glass.

Este é um primeiro passo para a aceitação do produto no mercado, mas com o tempo veremos consumidores diretos comprando o produto para entretenimento e informação. Com isso abre um grande leque de possíveis aplicações para os wearables, tornando-os ainda mais úteis. Essa ampla aceitação dependerá da demanda real pelos serviços oferecidos, somente assim os consumidores e empresas realmente irão abraçar a tecnologia wearable.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s