BildNão restam dúvidas que a Apple é a e-bookstore que mais vende e-books no Brasil atualmente. A jornalista petropolitana Raquel Cozer foi a primeira a afirmar isto com todas as letras em sua coluna da Folha de S.Paulo e, atualmente, basta uma conversa informal com editores ou mesmo com concorrentes da Apple para se constatar que a empresa da maçã mordida está de fato devorando o mercado. E isto sem possuir equipe local e vendendo em dólares, o que obriga seus consumidores a usarem um cartão de crédito internacional e a pagarem 6,35% de IOF. Realmente é uma performance fantástica.

Mas por que a Apple está na frente da Amazon, Google, Kobo e da Saraiva, entre outros?

Simples: em primeiro lugar, porque a base de iPhones e iPads estabelecida no Brasil é imensa se comparada ao número de leitores próprios das demais lojas; em segundo lugar porque o consumidor brasileiro já está acostumado com a simplicidade à prova de erros do sistema de pagamento da gigante de Cupertino graças a experiências anteriores na compra de música e aplicativos.

E qual o número de iPhones e iPads no Brasil?

Aí a coisa complica, pois se é simples entender o motivo do sucesso da Apple, difícil é saber o tamanho da base de equipamentos com iOS no Brasil. Mas com alguma paciência e com a ajuda literal da Google, é possível chegar a uma boa estimativa.

Quantos iPhones existem no Brasil?

Comecemos com o número de iPhones. Segundo a pesquisa Our Mobile Planet, feita pela Ipsos em parceria com a Google, entre outros, a penetração de smartphones no Brasil era de 14% na população acima de 16 anos em março de 2012. Segundo o Censo de 2010, esta fatia da população brasileira era 158,5 milhões. Ou seja, haveria 22,2 milhões de smartphones no Brasil. Estes números foram, a grosso modo, corroborados por uma pesquisa da Nielsen Ibope de maio de 2012 que apontou que 13% da população total brasileira possuía um smartphone, ou seja, o número de smartphones no Brasil seria de 24,8 milhões.

A pesquisa Our Mobile Planet também traz a participação de cada sistema operacional, como mostra o gráfico abaixo:

Sistemas
Segundo a pesquisa, portanto, 6% dos smartphones no Brasil são iPhones, pois utilizam iOS. Além disso, 24% dos pesquisados não declararam que sistema usavam. Então, se considerarmos que a proporção nestes 24% se mantenha em relação aos sistemas declarados, teríamos 8% de iPhones no Brasil, ou seja, 1,8 milhão de iPhones. E o número de smartphones com Android seria de 8,3 milhões.

Quantos iPads existem no Brasil?

Agora, para estimarmos o número de iPads, vamos partir de uma pesquisa da IDC, que aponta que 2,9 milhões de tablets teriam sido vendidos no Brasil em 2012 e que, pelo menos no terceiro trimestre do ano passado, 80% deste tablets tinham sistema operacional Android. Em 2011, teriam sido vendidos 800 mil tablets no Brasil.

Como as vendas de tablets com sistemas outros que iOS e Android são baixíssimas, vamos ignorá-las. Para efeito de simplificação, vamos desconsiderar o ano de 2010, quando iPad foi introduzido e suas vendas ainda se aceleravam. Em 2012, podemos usar como premissa que a participação dos tablets Android foi de 80%, uma vez que ela deve ter aumentado no último trimestre, quando as vendas forma maiores, e deve ter sido menor no primeiro semestre, quando as vendas totais eram menores. Assim, 580 mil iPads e 2,32 milhões de tablets Androids teriam sido vendidos em 2012. Em 2011, parece razoável aplicar 60% de participação ao iOS e 40% ao Android. Com isso, teríamos 480 mil iPads vendidos contra 320 mil tablets Android. No total, haveria então 1,06 milhão de iPads ativados no Brasil e 2,64 milhões de tablets Android em uso [enfatizo aqui que este cálculo é apenas uma estimativa].

Uma terceira pesquisa permite que validemos estas estimativas, pelo menos nos números totais. Segundo a empresa Flurry, conhecida por seus relatórios baseados em dados oriundos de milhares de desenvolvedores que usam suas ferramentas analíticas, o Brasil possuía em Outubro de 2012 uma base de 14 milhões de aparelhos com sistemas Android ou iOS ativados. Se somarmos os números de smartphones e tablets com sistemas Android e iOS estimados acima, chegamos ao número de 13,77 milhões de aparelhos ativados no Brasil, o que é aproximadamente igual à pesquisa da Flurry. Veja abaixo:

Aparelho Unidades (mi)
iPhones 1,78
iPads 1,06
Smatphones Android 8,29
Tablets Android 2,64
Total 13,77

Portanto, com uma base de aproximadamente 2,84 milhões de aparelhos iOS no Brasil, não é difícil entender o sucesso inicial da iBookstore. No entanto, existe um detalhe que parece estar esquecido não apenas pelos leitores brasileiros como pelos próprios varejistas digitais concorrentes da Apple: seus aplicativos para iOS e Android.

© Tipos Digitais, por Carlo Carrenho. Usado com permissão. Originalmente publicado em http://www.tiposdigitais.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s