Olhe para o servidor que você tem dentro da empresa. Você sabe que provavelmente ele está defasado?

Hoje, a “ponta do iceberg” na tecnologia de servidores é o conceito de Cloud Computing. Com ele, você tem mais economia e um servidor mais adequado ao que você necessita.

Imagine o seguinte:

Um lugar com muitos servidores, todos cheios de processadores, HDs, memórias… a capacidade total desses recursos é o que chamamos de Cloud, ou nuvem.

Agora imagine…

…que uma fatia dessa nuvem é separada apenas para você. Esse é o seu Cloud Server, um servidor completo onde você pode colocar os serviços da sua empresa.

Certo, mas qual a vantagem disso?

Você pode aumentar ou diminuir a sua fatia de nuvem conforme a necessidade. Por exemplo, se você precisa de 2 GB de memória, você pode contratar exatamente 2 GB de memória, e não mais, como ocorreria com um servidor dedicado. Isso lhe trará economia e a possibilidade de crescer.  

1-) Você pode aumentar ou diminuir a sua fatia de nuvem conforme a necessidade. Por exemplo, se você precisa de 2 GB de memória, você pode contratar exatamente 2 GB de memória, e não mais, como ocorreria com um servidor dedicado. Isso lhe trará economia e a possibilidade de crescer. 2-) Nossa nuvem é muito maior que as fatias que separamos dela. Para cada Cloud Server existente, temos o dobro de recursos esperando para serem usados em caso de falha. Caso seu processador queime, por exemplo, o seu servidor passará a utilizar outro, sem interrupção do serviço. Fonte: RedeHost.com.br 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s